Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Telegram vai lançar uma criptomoeda com 180 milhões de usuários

Telegram vai lançar uma criptomoeda com 180 milhões de usuários. O Telegram (aplicativo de mensagens) está se preparando para lançar uma criptomoeda baseada em Blockchain. O projeto será iniciado através de uma oferta inicial de moedas (ICO) que poderia gerar bilhões de dólares.

 

 

 

 

O “Gram”, que funcionará como a moeda nativa do Telegram Open Network (TON), será integrado diretamente na plataforma Telegram, para evitar crítica dos usuários, que hoje somam 180 milhões. A notícia foi dada pela TechCrunch.

 

“O aspecto mais notável é que terá um” paradigma de festança infinita “para alcançar escalabilidade. Assim, as cadeias de bloqueio TONER pretendem se “separar e se fundir automaticamente para acomodar as mudanças na carga”. Isso significaria que novos blocos são gerados rapidamente e “a ausência de longas filas ajudara a manter os custos de transação baixos, mesmo que alguns dos serviços da plataforma se tornem muito populares”.

 

 

Os desenvolvedores afirmam que a TON pode processar 1 milhão de transações por segundo, o que manterá as taxas de transações mínimas e tornará o Gram prático para micro pagamentos.

---------------

 

 

Telegram não é o único desenvolvedor de mensagens criptografadas que pretender usar cryptocurrency. Moxie Marlinspike, mais conhecida como criadora do Signal, lançou recentemente um whitepaper para o MobileCoin, uma cadeia de blocos federada baseada no Stellar Consensus Protocol (SCP). O MobileCoin, no entanto, não terá o benefício de uma base de usuários embutidos.

 

 

Telegram ICO pode quebrar o recorde de arrecadação de fundos:

 

A pré-venda da ICO da Telegram sozinha poderia atingir US $ 500 milhões, o que mais do que o dobro dos US $ 257 milhões arrecadados pela Filecoin no ano passado, enquanto a venda de token em si poderia permitir que o Gram fosse lançado com um limite de mercado de US $ 5 bilhões. O Telegram planeja exigir que os adeptos contribuam com a moeda fiduciária, não com éter ou bitcoin como a maioria dos outros.

 

Pavel Durov quer manter o controle:

 

O projeto aparentemente é algo pessoal para o cofundador e CEO da Telegram, Pavel Durov, que fundou a rede social russa VK, mas foi forçado a vender sua participação pelos acionistas com poderosas conexões governamentais.

 

 

Além de sua utilidade como rede de pagamentos, a TON também contará com um serviço de DNS para permitir que os usuários acessem serviços descentralizados com uma interface semelhante à de uma página da Web.

 

 

 

De acordo com informações publicadas no whitepaper, a Telegram espera lançar um produto mínimo viável (MVP) já no primeiro trimestre deste ano.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo