PF faz buscas no gabinete do senador Ciro Nogueira

O Senador Ciro Nogueira é o principal e mais importante aliado do governador petista do Piauí, Wellington Dias e há muito tempo seu nome aparece nas investigações da Lava Jato. Hoje a Polícia Federal está fazendo buscas e apreensões em seu gabinete, em Brasilia.

De acordo com informações do G1, o mandado foi autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator dos processos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). A operação de hoje (24) foi deflagrada em conjunto com a Procuradoria Geral da República (PGR).

Robert Rios: Wellington Dias é o Sérgio Cabral de amanhã

O Antagonista diz que a Polícia Federal investiga o envolvimento do deputado Dudu da Fonte e do senador Ciro Nogueira na tentativa de comprar o silêncio de um ex-assessor do senador que passou a colaborar em investigações da Lava Jato. Os pagamentos eram feitos por meio do ex-deputado Márcio Junqueira, que teve prisão decretada.

Segundo as investigações, o ex-assessor contou sobre entregas de dinheiro em espécie. Ele tem colaborado em diversas investigações, uma delas decorrente da delação da Odebrecht. Por isso, foi ameaçado de morte e precisou entrar no programa de proteção a testemunhas.

A PF encontrou 200 mil reais na casa do senador Ciro Nogueira, presidente do PP alvo de operação hoje.
O dinheiro, segundo a defesa, é “legal”.

Responda esse comentario