Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Perseidas – chuva de meteoros vai iluminar o céu nesse agosto

Os habitantes do hemisfério norte serão os que melhor aproveitarão essa chuva anual de meteoros. As perseidas, uma brilhante chuva de meteoros também conhecida como “lágrimas de San Lorenzo”, iluminarão o céu em agosto, para a alegria de todos os fãs da astronomia.

O fenômeno ocorre anualmente quando a Terra atravessa o rastro do cometa Swift-Tuttle, que foi descoberto pela primeira vez em 1862 e é o maior objeto a passar repetidamente perto da Terra da qual temos conhecimento. A trilha desse cometa é formada por poeira e fragmentos, que causam a chuva de meteoros.

“Ao contrário da maioria das chuvas de meteoros normais, que têm um pico curto, as perseidas têm um pico muito amplo, uma vez que a Terra leva mais de três semanas para atravessar a larga trilha de poeira cometária”, disse Jane Houston Jones, do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. Este ano, o espetáculo cósmico será especialmente visível entre os dias 11 e 13 de agosto.

 

 

As perseidas parecem irradiar-se da constelação de Perseu, visível no céu do norte, logo após o pôr do sol . Segundo Bill Cooke, meteorologista da Nasa, em uma noite clara, os observadores podem ver entre 60 e 70 meteoros por hora.

---------------

Quando observamos as perseidas, o que vemos são as partículas do cometa que, ao entrar em nossa atmosfera a 59 quilômetros por hora, ficam quentes e queimam, deixando uma trilha luminosa no céu.

Quando estão no espaço, esses fragmentos de cometas são chamados de “meteoroides”, mas quando atingem a atmosfera da Terra, são designados como “meteoros”. E, se eles atingirem a superfície do planeta, eles são  chamamos de “meteoritos”. A maioria dos meteoros que formam as perseidas são muito pequenos para alcançar a Terra, já que seu tamanho é equivalente a um grão de areia.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo