Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Neandertais tinham capacidade de pensar

Pesquisadores descobrem que Neandertais tinham capacidade de pensamento, ou seja não eram tão primitivos como se pensava

 

A descoberta de uma pedra no sítio arqueológico de Kiík Kobá, na Criméia (Rússia), com um conjunto de arranhões paralelos de um lado, confirma que os Neandertais não eram tão primitivos quanto se pensa.

 

 

Um estudo publicado na revista PLoS One garante que o artefato, descoberto em uma caverna, carrega uma espécie de ‘assinatura’ de seu autor, o que sugere que os Neandertais tinham capacidade para o pensamento abstrato.

 

 

A pedra, que é de fato uma ferramenta pré-histórica conhecida como bifaz, intrigou os pesquisadores pelo conjunto de linhas paralelas em sua superfície. Uma equipe de pesquisadores liderados por Vadim Stepanchuk, do Instituto de Arqueologia da Ucrânia, criou um modelo tridimensional da descoberta, para entender sua natureza.

 

 

 

Segundo o pesquisador, citado pela agência, as imagens tridimensionais dos arranhões indicam que as linhas “não apareceram por acaso, mas foram marcadas por um mestre destro, com a ajuda de duas ferramentas diferentes”. Os cientistas observam que a marcação das linhas foi difícil devido ao pequeno tamanho da pedra, sugerindo que “esta é a marca de reconhecimento deste mestre” ou uma espécie de “selo de qualidade”.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo