Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Fundamentos da Economia

O que significa “Fundamentos”? Os fundamentos incluem as informações qualitativas e quantitativas que contribuem para o bem-estar econômico e a subsequente avaliação financeira de uma empresa, segurança ou moeda.

 

Analistas e investidores analisam esses fundamentos para desenvolver uma estimativa sobre se o ativo subjacente é considerado um investimento que vale a pena. Para as empresas, informações como receita, lucros, ativos, passivos e crescimento são consideradas alguns dos fundamentos

 

QUEBRANDO “Fundamentos”:

Nos negócios e na economia, os fundamentos representam as qualidades básicas e as informações relatadas necessárias para analisar a saúde e a estabilidade dos negócios ou ativos em questão. Isso pode incluir tópicos dentro das disciplinas macroeconômicas e microeconômicas que são considerados padrões para determinar os valores financeiros atribuídos aos ativos.

 

Macroeconomia e Microeconomia:

Os fundamentos macroeconômicos incluem tópicos que afetam uma economia em geral. Isso pode incluir estatísticas sobre desemprego, oferta e demanda, crescimento e inflação, bem como considerações sobre política monetária ou fiscal e comércio internacional. Essas categorias podem ser aplicadas à análise de uma economia de grande escala como um todo ou podem estar relacionadas à atividade comercial individual para fazer mudanças com base em influências macroeconômicas.

---------------

 

 

Os fundamentos microeconômicos enfocam as atividades em segmentos menores da economia, como um mercado ou setor específico. Isso pode incluir questões de oferta e demanda dentro do segmento especificado, bem como a teoria das empresas, a teoria dos consumidores e questões trabalhistas relacionadas a uma indústria específica.

 

Fundamentos em Negócios:

Ao analisar a economia de uma empresa, como o balanço, a demonstração de resultados, a administração geral e o fluxo de caixa, os investidores estão observando os fundamentos de uma empresa, que ajudam a determinar a saúde da empresa e suas perspectivas de crescimento. Uma empresa com pouca dívida e muito dinheiro é considerada como tendo fortes fundamentos.

 

 

 

Fundamentos fortes sugerem que um negócio tem um quadro viável ou estrutura financeira, enquanto aqueles com fundamentos fracos podem ter problemas nas áreas de gerenciamento de obrigações de dívidas, controle de custos ou gerenciamento organizacional geral.

 

 

Um negócio com fortes fundamentos pode ser mais propenso a sobreviver a eventos negativos, como recessões econômicas ou depressões, do que um com fundamentos mais fracos e pode indicar um risco menor se um investidor considerar a compra de títulos associados às empresas mencionadas anteriormente.

 

 

Outros Fundamentos em Economia:

Enquanto os fundamentos são considerados os fatores relacionados às empresas, os títulos e as moedas também têm fundamentos. Por exemplo, as taxas de juros, o crescimento do PIB, o superávit / déficit da balança comercial e os níveis de inflação são alguns fatores macroeconômicos que são considerados fundamentos do valor de uma moeda.

 

via

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo