Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Evite estes sete erros no seu currículo

….para ter uma chance maior de conseguir um emprego. CV é um tema recorrente especialmente para quem procura emprego. Portanto, vamos citar 7 erros que você deve evitar. As dicas são do Marketwatch

1. Experiência de trabalho irrelevante:

Quanto mais você fica velho, mais experiência, você provavelmente terá. Mas você deve incluir toda essa experiencia seu currículo? A resposta de modo geral é não.

Aqui uma lista de coisa você deve considerar omitir, de acordo com a especialista em emprego Sylvia Giltner:

Experiência com mais de uma década.

As habilidades que você tem podem não ser relevantes para o trabalho que você está procurando atualmente.

Passatempos ou hobbies irrelevantes. Ninguém precisa saber.
Jon Paulsen, Gerente de Recrutamento de Recursos Humanos, recomenda que você personalize seu CV .

As principais qualificações que você fornece devem ser relevantes para o trabalho que você está solicitando e atualize seu currículo o tempo todo.

 

2. Quem lê seu curriculum pode ser uma máquina:

Muitas empresas usam diferentes programas de computador para escanear os pedidos de emprego que recebem para economizar pessoal para o trabalho.

 

Portanto, seu currículo deve conter algumas palavras-chave e formulações que esses programas possam capturar. Se não, você pode ser desacatado antes que um humano leia seu curriculum.

---------------

Pessoal: nome, endereço, e-mail, número de celular, idade
Qualificações principais: relevantes e específicas para o trabalho
Educação: instituição, graduação e período de ensino organizados em cronologia reversa (ou seja coloque primeiro sua ultima graduação), de preferência com informações específicas para o trabalho.

 

 

Experiência de trabalho: nome da empresa, cargo e período de contratação organizados em cronologia reversa (último local de trabalho primeiro).
Curso: Relevante e específico da posição.
Conhecimento de dados e linguagem: habilidade entre “bom conhecimento de” e “conhecimento de”, “fluido”, “escrito” e “oral”.
Referências: Referências relevantes e específicas.

3. Má conformidade entre o currículo e outro material de pesquisa:

Se o seu empregador estiver realmente interessado em você ou se houver uma disputa acirrada entre você e outro candidato, a empresa pode querer mais enformações sobre você. E então é importante que o que você dê mais informações pessoais sobre você.

4. Conteúdo impróprio nas mídias sociais:

A maioria das pessoas tem mais de um perfil de rede social, por isso precisa ter muito cuidado na hora de compartilhar ou dizer algumas besteiras nas redes sociais. Delete tudo que possa ser considerado improprio.

 

5. Esqueça o salário:

Você deve se concentrar no que pode adicionar a empresa e não focar na prática e no salario. Por exemplo, escreva sobre o que você fez nos seus empregos anteriores que contribuíram para algo melhor na empresa e forneça provas, sob a forma de referências, números e muito mais.

6. Palavras e frases escritas com erros:

Erros de escrita são embaraçosos e causam uma má impressão. Você pode recorrer a um programa um corretor online ou pedir alguém para corrigir seu CV.

 

7. Aparência incorreta:

Dizem que a aparência não conta, mas sabemos que as coisas não são bem assim. Ou seja a aparência conta e muito.

A aparência do seu currículo deve se adequar ao local de trabalho que você está procurando. Um ambiente de trabalho criativo permite aplicações mais artísticas, enquanto trabalhos conservadores exigem documentos com estruturas mais rigorosas, diz o especialista em emprego Giltner.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo