Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Empresa australiana vai ressuscitar os mortos

Empresa australiana desenvolve tecnologia para ressuscitar os mortos. A empresa de inteligência artificial Humai apresentou uma ideia ambiciosa para ressuscitar os mortos. Em entrevista à revista Popular Science, o fundador da empresa, Josh Bocanegra disse que o primeiro ser humano poderia ser ressuscitada em 30 anos.

 

Além disso, ele planeja usar a tecnologia Humai criogenia para congelar e armazenar o cérebro após a morte e implantar esse cérebro num corpo artificial evoluído. A realização deste plano baseia-se nos seguintes pontos. “Em primeiro lugar, pretendemos coletar dados sobre os nossos membros durante a vida através de vários programas que estamos desenvolvendo”, disse Bocanegra.

 

 

Empresa australiana desenvolve tecnologia para ressuscitar os mortos

---------------

Uma aplicação chamada de ‘Soul’ (“alma”) e é projetado para reproduzir a voz e a personalidade de uma pessoa após a sua morte. “Depois da morte, o próximo passo seria a de congelar o cérebro para que seja implantando num corpo artificial. As funções do corpo são controladas com o pensamento artificial medindo as ondas cerebrais.

 

“Se o cérebro for velho, a empresa vai usar a nanotecnologia para reparar e melhorar as células. Pode ser usado também tecnologia de clonagem” completa Josh Bocanegra.

 

Dizem as profecias que quando não houver mais espaço no inferno, os mortos vão ressuscitar e Cristo deve voltar. Como as profecias devem ser interpretadas de acordo com os temos modernos, podemos imaginar que a ressuscitação dos mortos se dará por meio de tecnologia.

 

Ou seja se tudo funcionar como a empresa australiana espera, isso deve acontecer em 30 anos. E viva a ciência que não consegue emendar um cromossomo para curar as pessoas portadoras de síndromes, mas quer ressuscitar os mortos. Se você quer saber mais sobre esse assunto veja a fonte desse artigo abaixo.

Fonte:

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo