Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Diferença entre Psicologia Forense e Psiquiatria Forense

 

A principal diferença entre psicologia forense e psiquiatria forense é que um especialista em psiquiatria forense (psiquiatras forenses) recebe treinamento médico extenso e tem autoridade para prescrever drogas, mas um especialista em psicologia forense (psicólogo forense) não tem essa autoridade.

 

Psicologia forense é um assunto que lida principalmente com o comportamento humano no que diz respeito às questões jurídicas. Por outro lado, a psiquiatria forense é o assunto que lida com o diagnóstico, investigação e gestão de doenças mentais em questões pertinentes à lei.

 

 

O que é psicologia forense?

A psicologia é um assunto que basicamente estuda o comportamento dos seres humanos. Os psicólogos são, portanto, profissionais que lidam com o comportamento humano.

 

 

Eles não receitam medicamentos, e seu escopo de atividades inclui análise estatística de dados relacionados ao comportamento mental e físico e testes psicológicos básicos para quaisquer anormalidades nesses aspectos. Ao identificar quaisquer anormalidades, eles podem direcionar os pacientes a psiquiatras para procedimentos terapêuticos farmacológicos e não farmacológicos.

 

 

Psicologia forense lida principalmente com o comportamento humano no que diz respeito às questões jurídicas. Portanto, os psicólogos têm que dar sua opinião de especialistas em várias questões legais em frente ao tribunal.

 

 

O que é psiquiatria forense?

A psiquiatria é o assunto que lida com o diagnóstico, investigação e gestão de doenças mentais. Além disso, psiquiatras são os profissionais que são extensivamente treinados nesses aspectos. Eles podem solicitar investigações durante o processo de diagnóstico e ter a autoridade para prescrever medicamentos.

---------------

Em alguns assuntos relacionados à lei, os psiquiatras são ordenados a dar sua opinião de especialista em frente ao tribunal. Existem certos conceitos de importância legal que os psiquiatras devem opinar no processo de decisão judicial.

Responsabilidade criminal:

Isso é para avaliar se o acusado tem capacidade mental para formar a intenção criminosa e realizar o ato criminoso.

 

Responsabilidade diminuída:

Isso indica que quando uma pessoa mata ou é parte em um assassinato de outra pessoa, ela não será condenada por homicídio se estiver sofrendo de uma anormalidade mental que prejudique substancialmente sua responsabilidade mental por seus atos e omissões em relação ao assassinato.

 

Na avaliação da capacidade de dar consentimento informado para uma decisão.
Capacidade testamentária.
Aptidão para pleitear.

 

Quais são as semelhanças entre psicologia forense e psiquiatria forense?

Ambos os campos lidam com questões legais relacionadas à mente e ao comportamento humano.

Qual é a diferença entre psicologia forense e psiquiatria forense?

Psiquiatria forense é o assunto que lida com o diagnóstico, investigação e gestão de doenças mentais em questões relacionadas com a lei. Em contraste, a psicologia forense lida principalmente com o comportamento humano em relação às questões legais. Além disso, os psicólogos forenses não têm a autoridade para prescrever drogas, enquanto os psiquiatras forenses têm a autoridade para prescrever medicamentos.

 

Resumo – Psicologia Forense vs Psiquiatria Forense:

Em conclusão, a psiquiatria forense é o assunto que lida com o diagnóstico, investigação e gestão de doenças mentais em questões relativas à lei. A psicologia forense, por outro lado, lida principalmente com o comportamento humano em relação às questões legais. No geral, um psiquiatra forense tem autoridade para prescrever drogas, mas um psicólogo forense não tem essa autoridade. Esta é a principal diferença entre a psicologia forense e a psiquiatria forense.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo