Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Diferença entre Inteligência e Cognição


Inteligência é o que se pode melhorar por meio de estudos, o raciocínio, compreensão e aprendizagem.
Cognição inclui todo o processo mental que pode ser descrita como uma experiência de conhecer (incluindo percepção, reconhecimento, conceber e raciocínio), que se distingue de uma experiência de sentimento ou da vontade. Mas para um leigo saber a Diferença entre Inteligência e Cognição não é muito fácil.

 

 

 

Inteligência e Cognição são dois termos relacionados, mas não são mesma coisa. Neste artigo, vamos entender as características básicas de cada um, que vai nos ajudar a diferenciar os dois.

 

O dicionario define ‘inteligência’ como:

1. Conjunto de todas as faculdades intelectuais (memória, imaginação, juízo, raciocínio, abstração e concepção).
2. Qualidade de inteligente.
3. Compreensão fácil.
4. Pessoa muito inteligente e erudita.
5. [Figurado, conluio.
6. Harmonia.
7. Habilidade.
8. Atividade ou serviço que visa obter e fornecer informações secretas relativas ao estado, ao governo, à segurança ou a sectores estratégicos.
[Informática artificial: Ramo da informática que estuda o desenvolvimento de sistemas computacionais com base no conhecimento sobre a inteligência humana.

 


Inteligência
vem do latim intelligentia que tem a ver com a capacidade de aprender ou compreender um determinado termo. Inteligência é desenvolvida desde a infância. Ninguém nasce inteligente, é preciso trabalhar sua inteligente para melhorar suas habilidades. É muito difícil definir inteligência, porque ninguém pode medir a inteligência. Existem diferentes tipos de inteligência: Inteligência Linguística, inteligência espacial, inteligência musical, inteligência corporal, Inteligência Interpessoal, entre outras.

---------------

Por exemplo:

Inteligência linguística – Falar e escrever bem.
Inteligência lógico-matemática – habilidades lógicas, ou seja, habilidades matemáticas para provar ou resolver problemas.
Inteligência de Musical – Realizar, compreender e apreciar a música.
Inteligência interpessoal – Interagir com os outros de forma eficaz.


Definição de cognição:

Função da inteligência ao adquirir um conhecimento.

O ato ou processo de conhecer; percepção.

Conhecimento entre outros.

[cognição]

A cognição é um processo mental necessário para realizar as tarefas que têm a ver com os mecanismos de como aprender, lembrar e prestar atenção ao invés de qualquer conhecimento real que você aprendeu. Sem a capacidade de cognição, não se pode mostrar inteligência. É um processo no qual a pessoa desenvolve-se através de habilidades baseadas no cérebro.

O QI ou Quociente de Inteligência serve para medir a capacidade cognitiva de cada um. É uma forma de testar sua capacidade para resolver problemas e entender conceitos.

Inteligência é, basicamente, a capacidade de um bom desempenho em tarefas cognitivas. É a capacidade de utilizar o conhecimento, resolver problemas, compreender ideias complexas, aprender rapidamente e adaptar-se aos desafios ambientais. É um processo de como você pensa, e etc.

[Resumindo]

Inteligência é a capacidade de entender o que é percebido, aprendido, ou fundamentado, ao contrário, a cognição é o processo de pensamento ou conhecimento. É o resultado mental de percepção, aprendizagem e raciocínio.

Deixe uma resposta

2 comentários
  • Excelente texto. Esclarece a grande confusão entre conceitos que são distorcidos pelo senso comum sobre os termos inteligência e cognição. Evidência o fato e o porque de existirem tantos doutores com Qi medíocre e semi-analfabetos geniais, o inverso também é valido.

  • Concordo com o primeiro comentário existe realmente diversas formas de inteligencia já conheci semianalfabetos mais sábios que alguns doutores que conheço.Eu mesmo desponho de uma memoria bem extensiva como com musica mesmo me recordo de diversas musicas que ouve na minha infância e se estende por toda a minha caminhada.Estou cursando uma faculdade depois de mais de 15 anos longe das escolas e agora me delicio a cada nova informação, a cada conhecimento compartilhado em sala.Não sei mais creio que eu tenha uma inteligencia cognitiva .
    Parabéns pelo seu artigo.

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo