Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Como saber se sua morte está bem próximo


Como saber se sua morte está bem próximo.
Os cientistas descobriram como as pessoas podem saber se suas mortes são iminentes. De acordo com os cientistas da Universidade de Chicago – Estados Unidos,  é bem simples. As pessoas que estão próximo de morrer perdem o olfato.

 

A perda do sentido do olfato não é a causa da morte como tal, mas prevê mais precisamente a morte do que um diagnóstico de câncer, insuficiência cardíaca ou doença pulmonar. Os cientistas americanos chegaram a essa conclusão ao realizar um experimento 3.000 voluntários com idades entre 57-85 anos de idade, de acordo com a  revista PLoS ONE.

 

 

 

 
O nariz pode prever eficazmente a morte por que o nervo olfactivo contém não apenas receptores de odor, mas também é a única parte do sistema nervoso humano que está continuamente em regeneração. O surgimento de novas células diminui com a idade, o que leva à diminuição gradual da capacidade de perceber e identificar odores.

---------------

 

 

Uma disfunção olfativa indica que o corpo está entrando em um estado de abandono e não é mais capaz de se reparar. O nervo olfativo também é a única parte do sistema nervoso que é exposta ao ar livre. Perder a capacidade do cheiro funciona como um aviso antecipado de que a morte é iminente.

 

 

Entre 2005 e 2010, os participantes foram submetidos a um teste simples: eles tinham que identificar cinco aromas : rosa, couro, peixe, laranja e hortelã. 39% dos não conseguiram distinguir os cheiros morreram num prazo de 5 anos. Os cientistas dizem que quem não é capaz de identificar os cheiros tem quatro vezes mais chance de morrer dentro de cinco anos  do que aqueles que são capazes de identificar todos os odores.

 

 

No entanto, os pesquisadores não examinaram as causas exatas da morte de seus voluntários, nem conseguiram provar que com jovens os resultados seriam os mesmos. Faça o teste  agora. Você ainda é capaz de identificar e distinguir os cheiros.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo