Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Cientistas identificam pela primeira vez fragmento de cometa

Há 28 milhões anos, um cometa explodiu no Egito. Um fragmento desse comenta foi encontrado em 1996, mas só que agora os pesquisadores conseguiram identificar como parte de um cometa.

 

O cometa deve ter destruído toda a vida na área em que caiu. A explosão e aumentou a temperatura do local para cerca de 2.000 graus Celsius. Esta catástrofe causou a formação de uma grande quantidade de cristal de silício que  foi dispersada por pelo menos 6.000 milhas deserto afora. O faraó egípcio Tutancâmon tinha um broche, cujo centro era adornado com um cristal de silício.

---------------

 

Em 1996, um geólogo egípcio encontrou uma pedra preta misteriosa dentro de um pedaço de cristal de silício amarelo. Testes químicos feitos por grupo de cientistas sul-africanos na Universidade de Witwatersrand revelaram se tratava de restos de um cometa explodiu na superfície da Terra.

 

A pedra de cerca 30 gramas “alienígena” tem 65% de carbono, indicando que pertence a um cometa e não um meteorito; restos de meteoritos contêm apenas 3% de carbono. A explosão do cometa também criou diamantes microscópicos.

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo