Original&ExclusivoDiferença entre as coisas e tutoriais

Anel de Pôncio Pilatos foi encontrado na Cisjordânia

O anel de Pôncio Pilatos –  governador da província romana da Judeia que ordenou a crucificação de Jesus Cristo – teria sido encontrado há cerca de 50 anos na Cisjordânia, informa Haaretz. Mas só agora os pesquisadores descobriram que o anel pertencia a Ele.

A joia estava entre os milhares de objetos encontrados durante as escavações realizadas na década de 1960 no lugar do antigo palácio Herodion, sob a liderança do professor Gideon Forster. No entanto, recentemente, outra equipe de especialistas – liderada por Roi Porat – voltou a examinar o objeto de 2.000 anos e decifrou a inscrição que ele traz.

---------------

A legenda inclui a imagem de uma embarcação de vinho cercada por uma palavra grega traduzida como “Pilatos”. Os pesquisadores ligaram o nome precisamente ao Pôncio Pilatos, que governou a região entre os anos 26 e 36 . Segundo especialistas, o nome encontrado no anel era raro para Israel naquela época.

 

Um anel gravado desse tipo era distintivo da cavalaria na época romana, à qual Pôncio Pilatos pertencia. Por outro lado, é um objeto bastante simples, que indica que o governador foi capaz de usá-lo em seu trabalho diário ou que poderia pertencer a um de seus funcionários, que o usava para assinar em seu nome.

 

Deixe uma resposta

Escrito Por Cilene Bonfim
Original&Exclusivo