Seo WordPress plugin

Search Engine Optimization é um trabalho contínuo. Depois de decidir investir tempo e esforço em SEO, você tem que continuar fazendo isso para sempre.

 

Aparece na página de busca do Google em primeiro lugar exigir um trabalho descomunal, especialmente  para pessoas leigas. Técnicas de SEO tem tudo a ver experimentação de táticas diferentes, desde a análise de palavras-chave até o design do site.

 

 

Além disso, tem que se  atualizar constantemente porque o que funciona hoje não funcionará amanhã. Existem erros básicos de SEO que você pode evitar com trabalho e um pouco de conhecimento básico. Confira a lista abaixo!

 

 

1. Não incluir palavras-chave no URL de postagem:

Você sabia – que em site WordPress, seus novos links de postagem são criados com cadeias significativas de números, portando significa que você precisa especificar que você quer que o URL seja baseado em palavras-chave. A opção Permalinks (links permanentes) no painel é onde você pode fazer esse ajuste.

 

 

O Google considera URLs com palavras-chave melhor do que aqueles que apenas têm alguns números aleatórios gerados automaticamente pelo WordPress. Mesmo para apenas um usuário é mais fácil encontrar o que procura quando o site tem URLs significativas que descrevem o tópico da página.

 

 

 

Por exemplo, uma página da web com URL como www.originaleexclusivo.com.br/ seo wordpress plugin fica melhor do que algo como www.originaleexclusivo,com.br/123542. Para seu novo site, você pode definir o design de URL padrão com base em palavras-chave da configuração do link.

 

 

Se você tem um site que precisa de otimização de URL, entre em contato com um especialista em SEO porque se você for muito leigo não vai conseguir fazer sozinho. Mas saiba que existem plugins que podem deixar esse trabalho mais fácil, veja aqui.

 

2. Não enviar seu sitemap XML:

 

Um sitemap XML é como uma tabela de conteúdo do seu site, o que ajuda o Google a rastrear todas as páginas da web. Mesmo que você não tenha um sitemap XML, o Google ainda rastreará seu site, apenas que existe o risco de algumas páginas não serem indexadas.

 

 

Por exemplo, uma página da Web que não está vinculada a qualquer outra página da Web do seu site WordPress pode ser perdida pelo Google. WordPress oferece muitos plugins XML. Plugins WordPress SEO também oferecem maneiras fácies para você criar e enviar um sitemap XML.

 

 

Isso também ajuda a informar o Google com que frequência, você deseja que as páginas da Web sejam rastreadas. Uma boa prática de SEO é tornar seus sitemaps XML abrangentes. Ou seja sitemap de vídeo, imagens e etc.

 

3. Não dar importância para WordPress Tags:

Imagine um site WordPress sem categorias. É improvável que tal site consiga com que um leitor se interesse em procurar alguma coisa. Temos certeza que você usa categorias, sem problemas. No entanto, é surpreendente como muitos sites WordPress não usam tags. Considere tags como os equivalentes de um índice no final de um livro de não-ficção. Tags melhoram significativamente o tempo médio que um usuário gasta em seu site.

 

 

O WordPress oferece-lhe a opção de adicionar tags de maneira muito fácil. Fica e à direita da interface, ou seja do seu post/artigo. Escolha tags que estejam alinhadas bem com as palavras-chave do seu site, para maximizar seu SEO. Existem plugins especializados em Tags, como Simple Tags entre outros.

 

 

4. Não conectar seu site com o Google.

É fácil para os proprietários do site WordPress começar a desprezar o Google pelo rigor com que ele trata novos sites. Como resultado, eles tendem a ignorar importantes ferramentas do Google tais como, Google Search Console (ferramentas Webmaster) e Google Analytics.

 

 

O Google Search Console é particularmente importante porque ajuda o Google a entender todas as páginas e posts existem no seu site e onde estão localizados em termos de diretórios e subcategorias. Ele permite que o Google saiba quando você publica algum novo artigo/post e você ainda recebe ajuda do Google sobre como otimizar seu site WordPress e sobre erros também. Veja como cadastrar seu site no Google aqui.

 

 

5. Ignorar conversões do Google Analytics :

 

É um cenário comum para os administradores de sites do WordPress é usarem análises básicas do Google e descobrir as palavras-chave que contribuem para o máximo de tráfego. Invariavelmente, essas palavras-chave são inerentemente de alto tráfego, e se você mudar o foco sobre elas irá competir com os sites com Rank alto, você não será capaz de competir

 

Os proprietários do site WordPress podem facilmente ignorar o fato de que o SEO não é um fim em si mesmo; Na verdade, é uma ferramenta que ajuda você a atingir os objetivos do seu site mais rapidamente, direcionando os visitantes para o seu site e permitindo que seu conteúdo, produtos e ideias façam as conversões. Para ajuda-lo nessa tarefa complicada e trabalhosa, existem SEO WordPress Plugins.

 

Melhores SEO Plugins:

 

Quando se trata de Plugins SEO, existem dois tipos principais de usuários:  os novatos que querem apenas uma maneira fácil de aumentar a visibilidade de seu site no Google. Se for seu caso, parabéns! Você realmente precisa fazer isso.

 
Os profissionais que fazem coisas que os novatos não são capazes, tais como usar as informações fornecidas pelos Plugins para utilizar técnicas  avançadas de SEO para conseguir os primeiros lugares no Google.

 


Um bom SEO plugin deve ser capaz de lidar com ambos.  Se você não escolher direito, pode acabar perdendo visitantes, em vez de conseguir novos usuários.

 

 

Então, quando você escolher o seu plugin SEO, certifique-se escolher o que melhor se adapta a sua situação. Além disso, se você tiver um site WooCommerce ou algo do tipo, precisará certificar-se de que o plugin suporta isso. Basicamente os melhores são:

 

1. Yoast SEO. (não recomendo para leigos, iniciantes)

2. All in One SEO Pack.

 

Existem outros considerados bons, tais como  The SEO Framework

Responda esse comentario