Saiba quando faltar ao Trabalho sem ter descontos no salário

Saiba quando faltar ao Trabalho sem ter descontos no salário. Veja os motivos que você pode faltar ao Trabalho sem ter as faltas descontadas no salário.  Todos os trabalhadores regidos pela CLT , Consolidação das Leis do Trabalho, têm direito a faltar sem ter desconto no salário e sem ter que se explicar.

 

 

Veja a lista completa de situação que você pode faltar ao trabalho sem correr riscos de ser demitido por justa causa ou ter descontos no salário

Veja em que situações as faltas podem ser abonadas
Até 2 dias consecutivos, em caso de morte do cônjuge, ascendente (pais e avós), descendente (filhos e netos), irmão ou pessoa que, declarada em sua carteira de trabalho, viva sob sua dependência econômica.
Até 3 dias consecutivos em caso de casamento.
Por 5 dias em caso de nascimento de filho no decorrer da primeira semana.
Por um dia, em cada 12 meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada.
Até 2 dias consecutivos ou não, para se alistar como eleitor.
No período de tempo em que tiver de cumprir as exigências do Serviço Militar (comparecimento anual obrigatório, para apresentação da reserva ou em cerimônias cívicas).
Nos dias em que estiver comprovadamente fazendo provas de vestibular para ingresso em estabelecimento de ensino superior.
Pelo tempo que se fizer necessário quando tiver que comparecer perante a Justiça como parte, testemunha ou jurado.
Pelo tempo que se fizer necessário quando, como representante de entidade sindical, estiver participando de reunião oficial de organismo internacional do qual o Brasil seja membro.
Fonte: artigo 473 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT)

Todo trabalhador tem ainda o direito de faltar 5 dias ao trabalho num período de 12 meses sem precisar se justificar em nada. Acima desse limite, a quantidade de dias de gozo de férias é reduzida na proporção estabelecida na tabela acima.

Via 

Responda esse comentario