Neurocientistas revertem sintomas do autismo

“O autismo tem diferentes causas genéticas, a maioria dos quais ainda é desconhecida. Cerca de 1% das pessoas com autismo não têm o gene chamado Shank 3 ‘, que é essencial para o desenvolvimento do cérebro. Sem esse gene, os indivíduos desenvolvem sintomas típicos de autismo, tais como: repetir exaustivamente as mesmas coisas e falta de interação social “, dizem os autores da pesquisa.

 

 

Os cientistas do MIT conseguiram reverter alguns desses comportamentos típicas do autismo “injetando” o gene no cérebro do paciente. O gene Shank 3 age como um “andaime”,  que permite a comunicação entre os neurônios e apoia centenas de proteínas necessárias para essa comunicação.

 

Fonte:

Responda esse comentario

/* */