Lâmpada fluorescente: quem é mesmo o inventor?


Agapito Flores
foi aclamado por alguns como sendo o inventor da primeira lâmpada fluorescente. No entanto, as datas não batem. Em 1857, o físico francês Alexandre E. Becquerel quando investigava os fenômenos da fluorescência e fosforescência, falou, mesmo que teoricamente sobre construção de tubos fluorescentes semelhantes aos de uma lâmpada fluorescente de hoje.

 

O americano, Peter Cooper Hewitt patenteou (patente 889692), a primeira lâmpada de vapor de mercúrio em 1901. A lâmpada de mercúrio de Peter Cooper Hewitt é o primeiro protótipo da moderna lâmpada fluorescente de hoje.

 

Edmund Germer (1901 – 1987) que inventou a lâmpada de vapor de alta pressão, também inventou uma lâmpada fluorescente melhorada. Em 1927, Edmund Germer co-patenteou uma lâmpada fluorescente experimental com Friedrich Meyer e Hans Spanner.

 

 

Então, o que é verdade sobre Agapito Flores?

 

Agapito Flores nasceu em Guiguinto, Bulacan, Filipinas em 28 de setembro de 1897. Ele trabalhou como aprendiz em uma oficina mecânica e, posteriormente, mudou-se para Tondo, Manila, onde entrou para uma escola profissionalizante para se tornar eletricista.

 

 

Agapito Flores teria recebido uma patente francesa para lâmpada fluorescente; mais tarde ele, teria vendido a patente para a General Electric que ganha milhões com isso até hoje. Mas e todos os inventores citados acima? A polemica continua e mínguem, sabe ao certo quem inventou mesmo a lâmpada fluorescente. Ou pelo menos ninguém ainda conseguiu provar nada ao contrário.

Fonte:

Fonte:

Responda esse comentario