Diferença entre nação e país

Diferença entre nação e país. Existem algumas grandes diferenças entre os termos “país” e “nação”. O uso da palavra “nação” que é misturado frequentemente com o “país” usa as qualidades unificadoras de uma língua e de uma cultura oficiais do país mais do que a etnicidade. Hoje, devido à rápida globalização e às múltiplas gerações de imigração, muitos países estão começando a fundir os conceitos de nação e país também.

diferenca-entre-nacao-e-pais

 

Então, o que é uma nação?

Uma nação é oficialmente observada como um grupo de pessoas que compartilham a mesma identidade cultural. Eles compartilham a mesma língua, cultura e linhagens. O povo brasileiro forma a nação brasileira. Estabelecer uma identidade nacional ajuda muitas vezes as pessoas que vivem no mesmo país a sentir-se unidas.

 

 

Nacionalidade também pode ser usada como uma definição legal para descrever a relação entre uma pessoa e o estado, por exemplo: o local onde você está legalmente autorizado a residir. Neste caso, a nacionalidade é “um termo de direito interno, definido pelo direito interno” .

 

 

Sua nacionalidade legal pode ser qualquer lugar que você tem permissão para residir. Em certos países, se você vive em um país por um período de tempo específico, pode se tornar um cidadão (portanto, ter direitos políticos) através da nacionalização.

 

 

Então o que é um país?

País ao contrário, é sinônimo de “Estado”, como se aplica às identidades políticas autogovernadas. O Brasil é um país, todos cumprindo as mesmas leis do mesmo governo. Estados (que não devem ser confundidos com o Estado) são comunidades menores que aderem a um governo federal no país.

 

diferenca-entre-nacao-e-pais

 

Os países tendem a ser diversos e um conglomerado de múltiplas nacionalidades, como os Americanos se consideram “latino-americanos” para celebrar sua diversidade, ao mesmo tempo em que criam uma lealdade nacional separada, mas igualmente poderosa, para os Estados Unidos. Um Estado e um país são geralmente usados para significar a mesma coisa.

 

 

País = território:

Um país também não deve ser confundido com um território que depende de sua país mãe para proteção, apoio econômico e quaisquer outras características de um país independente. Os EUA, por exemplo, têm Porto Rico, as Ilhas Virgens e Guam.

 

 

Embora esses territórios sejam parte do país dos Estados Unidos, os porto-riquenhos consideram sua nacionalidade como porto-riquenha. Para ser considerado um país, um território que ter seu próprio governo e economia, ter seu próprio exército e etc.

 

 

Fusões de vários países:

Na Europa, por exemplo,  houve a dissolução de certos estados de fusão como a Áustria-Hungria,  Iugoslávia,  URSS ou  Checoslováquia que realçam as diferenças de nacionalidades combinadas em países isolados.

 

 

Embora as nações separadamente possam ser austríacas ou húngaras, um homem pode considerar-se austríaco ou húngaro, o país em um momento foi combinado em um. Israel e a Palestina são um exemplo ideal de nacionalismo forte, até o ponto em que seu nacionalismo é quase sinônimo de sua ideologia religiosa. Embora grande parte do que originalmente era a Palestina foi dissolvida em Israel, a maioria daqueles que originalmente eram palestinos e agora vivem legalmente em Israel ainda se consideram palestinos.

 

“Estado/Nação” “?

Separadamente, existe também um “estado-nação “, que existe quando um estado ou país também compartilha a mesma nacionalidade. Por exemplo, enquanto Colômbia é um país independente, também é composto por aqueles que consideram sua nacionalidade colombiana devido à cultura, religião e linguagem compartilhada.

 

 

O mesmo vale para muitos países que não experimentaram muita imigração nas últimas gerações. O Japão é notoriamente considerado um Estado-nação, embora inclua minorias etnicamente diversas, a grande maioria é homogênea.

 

Por que isso Importa?

A importância de distinguir entre vocabulário tudo se resume a entender diferentes paisagens políticas. Entender que um palestino que vive em Israel muitas vezes não se considera israelense ajuda a entender o conflito.

Responda esse comentario