Arqueólogos acham esqueletos de “vampiros” na Polônia

Arqueólogos acham esqueletos de “vampiros” na Polônia. Um grupo de arqueólogos poloneses encontrou quatro túmulos encontrados recentemente com quatro esqueletos enterrados com uma foice no pescoço e um quinto com outra foice sobre a cintura, o que corresponde a rituais praticados no século XVII ou XVIII na Europa para enterrar vampiros e para proteger o falecido de demônios, relata o site LiveScience.

 

 

Os Quatro esqueletos são de mulheres, o mais jovem dos quais com idade entre 14 e 19. O quinto é um homem entre 35 e 44 anos de idade.

 

 

A foice na cintura apareceu no esqueleto da mulher mais velha, que foi enterrado com uma pedra de tamanho médio no pescoço e uma moeda de cobre na boca, o que sugere aos arqueólogos que a mulher poderia ser uma bruxa.

 

Todos os “vampiros” foram enterrados de acordo com ritual cristão, em caixões de madeira e moedas de cobre perto dos corpos. Desde 2008 os arqueólogos já escavaram mais de 250 túmulos situados no território do antigo cemitério Drawsko.

 

 

Outro cemitério de ‘vampiro’ foi descoberto em julho de 2013 perto da cidade de Gliwice, no sul da Polônia, onde 17 dos 44 corpos enterrados foram decapitados e tinha m os crânios entre as pernas e uma das mãos sobre um dos ombros.

Arqueólogos acham esqueletos de "vampiros" na Polônia

Fonte:

Responda esse comentario